segunda-feira, fevereiro 27, 2012

Começar de novo...

Eu sou do tempo em que se dedicava uma vida a uma profissão, a um local de trabalho e acreditávamos que éramos felizes para sempre...
Mas também sou do tempo que essa realidade não existe...
Crise, essa é a desculpa que muitos usam. E que muitos acreditam para se acomodarem, da qual não quero fazer parte.
Eu quero acreditar que nada acontece por acaso, e ter a oportunidade de começar de novo antes dos 40 foi realmente a hora certa. Há que ser optimista.
Por mais que me digam que quando se fecha uma porta se abre uma janela... Eu ainda ando à procura dessa janela, e ainda não vejo a luz no final do túnel...
"Eu ainda não sei o quero ser quando for grande". Ando a tentar descobrir...

domingo, dezembro 25, 2011

A despedida da Juju (Julieta)



Tudo começa com a minha mãe a dizer "não quero mais animais".
E claro, eu dei-lhe ouvidos. Fui busca-la a Cascais e ficou a Amiga da mana... Ela odiava o feroz Gaspar, que só a queria cheirar e mesmo assim... Comigo não houve um grande laço, assim que fui morar para a minha casa escolheu logo a mana como a sua "mãe" eu passei a tia!
Com a chegada do Tobias piorou, se com o Gaspar tinha que viver, com o Tobias fazia as suas birras e desaparecia... Ou então namoravam à janela ele em casa e ela do lado de fora.
Quando eu e a mana começamos a morar juntas ela escolheu o nosso pai.
Foi sem dúvida uma "menina" com personalidade e que usou algumas das suas 7 vidas... mas foi neste Natal que nos deixou... Descanse em paz que as boas recordações ficam para sempre...


 Juju, originally uploaded by Manas Inácio.

quinta-feira, fevereiro 07, 2008

Beringela Recheada

A minha primeira experiência com beringelas... se partimos do principio que a "caixinha" não se come estava optima... eu e a mana gostamos... se a "caixinha" é para comer... gostamos só do recheio ;)

A minha receita:
Beringelas, carne picada, cebolas, cenouras, cogumelos, molho bechamel, queijo ralado

Corta-se as beringelas na vertical, retira-se o miolo (eu coloquei durante uns 15 minutos tudo em água e sal, li algures que ajudava a tirar tanto "o travo da beringela")

Faz-se o refogado a gosto (o meu é: azeite, cebola, alho, cenouras, molho tomate, cerveja, sal, pimenta, louro e noz moscada)junta-se a carne picada e o miolo da beringela, finalmente os cogumelos.

Escaldei as caixinhas de beringela em água quente (há quem o faça em óleo ou azeite, ou use mesmo crua)

Enchi as caixinhas, barrei com molho bechamel e povilhei com queijo ralado...

Foi ao forno..............

quinta-feira, janeiro 24, 2008

Parabéns Tobias



2007-07-0110005-2, originally uploaded by Manas Inácio.
O tempo voa... e já faz 1 anito!!!

segunda-feira, outubro 08, 2007

Castrar o Tobias...

Pois é o Tobias já fez 8 meses e eu tive que marcar a Castração... confesso que desde esse dia que ando stressada com o assunto... tadinho... afinal é uma cirugia... mas dia 12 sexta feira ás 18.30 lá vai ele...
Voltei a fazer pesquisa sobre o assunto e não tenho QUALQUER DUVIDA, afinal mesmo que um gato nunca saia de casa, a castração dos machos acaba por tornar-se em alguns casos uma necessidade. Quando atingem a maturidade os gatos marcam o seu território com borrifadelas de uma secreção com cheiro intenso com o qual é difícil conviver.

Castrar um gato não é um “crime”
, nem um atentado à sua integridade física, nem tão pouco uma ameaça à continuação da espécie. É tão anti-natural castrar um gato quanto dar-lhe ração seca e água potável e fresca, levá-lo ao médico regularmente ou reservar-lhe uma cama própria e brinquedos. Num contexto em que os gatos vivem em liberdade ou na natureza, nenhuma destas coisas lhes são fornecidas. Em vez de ração seca e água em tigelinhas têm de caçar o seu alimento e procurar água onde ela existir e a sua cama é muitas vezes itinerante e em esconderijos improvisados.

Castração (Gatos)
Vantagens:Elimina o forte odor de marcação territorial.
Reduz a tendência para lutar com outros gatos masculinos.
Elimina a vontade imperativa de procurar uma fêmea; este instinto quando contrariado causa enorme dor e descontrolo nervoso no gato.
Reduz-se a probabilidade de acidentes durante a procura da fêmea, como: atropelamentos, feridas, etc.
Vida mais longa :)

Desvantagens:Terá tendência a engordar. Isto pode ser controlado através de dieta

Recomendação:Os gatinhos deverão ser castrados com oito meses.

segunda-feira, setembro 10, 2007

Telemovel na Sanita...



Pois é pensamos que só acontece aos outros... mas este fim de semana foi a mim... Na Concentração de Motos de Mafra fui ao WC, que por incrivel que pareça a sanita estava muito parecida com esta... e záz... caiu o meu telemóvel na sanita... quase não apanhou água... fiz logo os primeiros socorros, tirar bateria e secar bem... quando cheguei a casa secador... mas não houve solução morreu mesmo... lá se foi o 6630...

sexta-feira, agosto 17, 2007

OS MOVIMENTOS DA CAUDA DOS GATOS...

Os gatos têm uma vasta forma de comunicação. Podem fazer mais de 100 sons vocais (dez vezes mais do que os cães). Outra forma de comunicação é com a sua cauda, a qual exprime várias emoções:

A cauda abana suavemente para baixo e depois para cima
O gato está relaxado e em paz com o seu meio ambiente
A cauda abana violentamente para ambos os lados
O gato está zangado. É sinal que o gato está quase a atacar.
A cauda está ligeiramente levantada e curva
O gato está interessado por alguma coisa
A cauda está erecta mas com a ponta ligeiramente inclinada
O gato está interessado por alguma coisa e está amigável mas com algumas reservas
A cauda está totalmente erecta
O gato está a dar uma saudação sem reservas. Para os gatos esta acção é uma cópia do que faziam quando enquanto gatinhos saudavam a mãe gata.
A cauda está totalmente baixa e possivelmente enrolada entre as duas patas traseiras
O gato está totalmente submisso, mostrando que está socialmente na escala mais baixa.
Esta atitude num gato caseiro revela tristeza, infelicidade. Pode também indicar alguma doença.
A cauda está entufada e erecta
O gato está com medo e responde com agressividade
A cauda está entufada e curva
O gato está com medo e responde na defensiva
A cauda está parada, erecta, mas a ponta treme
O gato está a ficar ligeiramente zangado
A cauda está erecta mas toda ele treme
Duas causas possíveis: o gato está a marcar território ou o dono está a cumprimentá-lo
A cauda está de lado
Quando uma gata está no cio e receptiva